ESTUDOS BIBLICOS







Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas



quarta-feira, outubro 26, 2011

Em que voce tem se alegrado?

“Eu lhes dei autoridade para pisarem sobre cobras e escorpiões,
e sobre todo o poder do inimigo; nada lhes fará dano. Contudo,
alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque
seus nomes estão escritos nos céus”.
 Lucas 10:19-20






PENSAMENTO:


 Jesus fala daquilo que é realmente importante. O exercício de poder sobrenatural impressiona os homens. Expulsar demônios ou resistir aos ataques do inimigo
chamam nossa atenção. Contudo, para Deus o prodígio infinitamente
maior é a salvação de uma alma. Entre todos os milagres que Deus
pode fazer, este Ele só faz com a cooperação do homem. Este
prodígio depende de um relacionamento pessoal com Deus. Como Fred
Craddock lembrou em seu comentário sobre Lucas, "Nossa alegria
maior deve ser, não que tenhamos certos dons ou habilidades, mas,
que Deus nos recebeu e nos aceitou, que nossos nomes estão
arrolados nos céus'." Esta alegria é maior porque é a prova maior
do amor de Deus por meio de Jesus. E esta alegria durará pela
eternidade. Que possamos medir todas as outras alegrias das nossas
vidas por essa.

ORAÇÃO:


   Santo Deus, maravilhoso Pai, obrigado, obrigado, obrigado por
Jesus. Como é que o Senhor teria nos persuadido do tão grande amor
do Senhor por nós, se não fosse por Jesus? Que a alegria da nossa
salvação seja restaurada por essas palavras de hoje em diante. Que
nunca esqueçamos que um relacionamento genuíno e pessoal com o
Senhor é o maior presente que um filho pode receber. E o Senhor nos
deu este relacionamento por meio de Jesus. Obrigado. Em nome de seu
Filho Amado oramos. Amém.

quinta-feira, outubro 20, 2011

JESUS JÁ ESTEVE LÁ

 

A seguir Jesus saiu dos arredores de Tiro e atravessou Sidom, até o
mar da Galiléia e a região de Decápolis. Ali algumas pessoas lhe
trouxeram um homem que era surdo e mal podia falar, suplicando que
lhe impusesse as mãos. Depois de levá-lo à parte, longe da multidão,
Jesus colocou os dedos nos ouvidos dele. Em seguida, cuspiu e tocou
na língua do homem. Então voltou os olhos para o céu e, com um
profundo suspiro, disse-lhe: “Efatá!”, que significa “abra-se!” Com
isso, os ouvidos do homem se abriram, sua língua ficou livre e ele
começou a falar corretamente. Jesus ordenou-lhes que não o contassem
a ninguém. Contudo, quanto mais ele os proibia, mais eles falavam. O
povo ficava simplesmente maravilhado e dizia: “Ele faz tudo muito
bem. Faz até o surdo ouvir e o mudo falar”. Marcos 7:31-37

Diferente do ministério de Jesus, hoje às vezes parece que os
milagres só são realizados para milhões assistirem. A rosa ungida, o
pano sagrado, a camisa em nó. De quantos desses amuletos Jesus
precisou para curar o surdo-mudo? Quantas testemunhas ele queria para
confirmar seu poder?

Com uma só palavra e "longe da multidão" Jesus curou o homem. Se as
"curas" que assistimos na televisão são realmente pelo poder de
Jesus, por que não fazem como Jesus e levam onde os doentes estão?
Por que não vão para os corredores dos hospitais públicos
super-lotados, para a ala dos pacientes terminais no hospital do
câncer? Será que lá não há fé o suficiente para curar? Vai dizer para
a mãe assistindo seu filho de sete anos sendo consumido por leucemia
que Deus não pode ajudar por causa da falta de fé dela?

Jesus faz milagres hoje. Ele ainda cura. E aqueles que realmente
crêem nEle são ouvidos, ainda que a cura às vezes não venha. Surdo é
aquele que pensa que o preço do amor de Deus é medido em ofertas ou
manipulado por talismãs. Jesus está falando, mas poucos estão
ouvindo. O volume das vozes dos "profetas modernos" é ensurdecedor.
Olhe para Jesus. Leia o que os lábios dele estão dizendo. "Efatá!"
Ele está dizendo "Eu te amo". Ainda que você tenha que andar por todo
o vale da sombra da morte, ele estará contigo. Ela vai junto. Ele já
esteve lá. Ele foi por você.

Oremos: Bendito Deus e Pai, obrigado por um Senhor que não cobra
nada, que não precisa de nada de nós. Obrigado porque ele nos ama
tanto, que deu sua vida, sabendo que poderíamos nunca acreditar nele,
nem agradecer pelo seu sacrifício. Isso é amor, Pai! Ninguém tem
maior amor por nós do que Jesus. Que possamos dar ouvidos a Ele todos
os dias desta vida e confiar no amor dEle. É só isso que precisamos e
mais nada. Em nome de Jesus oramos e agradecemos. Amém.
 

Jesus é o Príncipe da paz


“Quando entrarem numa casa, digam primeiro: Paz a esta casa. Se
houver ali um homem de paz, a paz de vocês repousará sobre ele; se
não, ela voltará para vocês.”
 Lucas 10:5-6

O discípulo de Jesus, tanto naqueles dias como hoje, precisa
compreender – nós estamos trazendo muito mais do que uma saudação bonita. A paz da qual Jesus fala aqui não é apenas de um relacionamento tranqüilo e amistoso entre homens. Trazemos a oferta de paz entre o Criador do universo, cujo Filho foi crucificado, e cada ser humano responsável pela morte dEle. Os homens e mulheres “de paz” que nós buscamos são pessoas que reconhecem o que está sendo oferecido e aceitam a paz e reconciliação que Deus oferece.
Jesus quis trazer paz a Jerusalém e chorou ao ver que sua oferta
fora rejeitada, sabendo o que isso implicaria para aquela cidade
(Lc 19:41-42). Da mesma forma, o discípulo, cujo convite é
desprezado ou rejeitado sabe que não é só ele que está sendo
rejeitado, mas, a oferta de perdão e salvação da parte de Deus. É
por isso que é necessário que oremos mesmo pelas pessoas a quem
levamos essa oferta de paz. Que elas possam estar prontas quando
chegar a sua hora.

ORAÇÃO:

   Gracioso e benigno Deus, prepare os corações daqueles a quem
levamos a oferta de paz. Dê-nos as palavras para persuadir aqueles
a quem chamaremos. Que tenhamos a devida urgência de não desistir
ou recuar, mas de chamar a todos ao nosso redor para seguirem Jesus
como Senhor e Salvador. Em nome de Jesus oramos. Amém.
 

terça-feira, outubro 18, 2011

10 Passos para se Tornar um Cristão Medíocre


1- Trabalhe no mínimo 12 horas por dia, se possível leve trabalho para casa e também use os fins de semana para adiantar o serviço.

2- Faça cursos, seminários, faculdades, todos focando na carreira profissional, não se preocupe em estudar a Bíblia ou nada ligado a teologia, afinal isso é para escribas e fariseus.

3- Em casa procure ficar antenado com o que está acontecendo, assista novelas, seriados, filmes, se mantenha o mais informado possível.

4- Esteja em todas as redes sociais, Facebook, Orkut, Twitter e todas as outras que surgir, empenhe-se em fazer o social com a galera, e envie muitas coisas engraçadas porque é disso que o povo gosta.

5- Leia muitos livros de pastores, bispos, e etc... não importa se não der tempo de ler a bíblia, o importante é aprender de quem está em evidência.

6- Procure acumular bens, casas, carros, coisas de luxo, é importante mostrar para os outros que o "senhor" tem te prosperado.

7- Se alguém vier lhe pedir comida ou esmola, feche o vidro do carro e não abra a porta da casa, não se sinta culpado em não ajudar pois você não é o salvador do mundo.

8- Ao ver alguém em dificuldade, seja enfermidade, nas finanças, casamento, limite-se em dizer que irá orar pela pessoa, e não tem problema se esquecer de orar depois, afinal Deus sabe de todas as coisas.

9- Se depois de tudo isso ainda lhe sobrar algum tempo livre, procure descansar, se possível faça uma viagem para Resorts, ou em cruzeiros, de preferência em lugares paradisíacos onde "poucos" tem acesso, afinal você é um privilegiado do Senhor e tem que desfrutar do melhor dessa terra.

10- Por fim leia, dê risada dos itens acima, compartilhe com seus amigos e finja que nada disso acontece com você, pois a vida continua.

Texto de: Samuel Matos
“Não levem bolsa, nem saco de viagem, nem sandálias; e não
saúdem ninguém pelo caminho.”
Lucas 10:4


Talvez haja obreiros hoje que não se preocupem com sustento.
Mas, freqüentemente há quem se preocupe em estar devidamente
equipado e treinado. Não sabemos nada sobre as qualificações ou
treinamento destes missionários que Jesus enviou. Isso não quer
dizer que Jesus não se preocupou em enviar obreiros aptos. No
entanto, as duas maiores qualificações eles tinham – a disposição
de obedecer Jesus, indo por onde ele mandasse; e a dependência de
Deus, buscando acima de tudo a ajuda dEle. Se você se vê hoje
diante de uma missão para o Senhor, é bom aproveitar livros, cursos
ou treinamentos à sua disposição. Porém, as principais condições
necessárias para uma missão bem sucedida ainda são obediência a
Jesus e dependência de Deus. Até hoje Jesus continua chamando. A
colheita é ainda maior hoje do que a dois mil anos atrás. Os
discípulos de Jesus vão, confiantes que Deus proverá. Será que você
é um deles?

ORAÇÃO:

   Senhor da Seara, rogo que o Senhor levante homens e mulheres
para a grande colheita. Nos nossos dias há tantos que ainda não
conhecem o Evangelho. Toque, por favor, os corações dos seus servos
para que venham a obedecer este chamado. Que ouçam a voz de Jesus e
saibam que é o Senhor que chama. Em nome de Jesus rogamos.
 Amém.
 

segunda-feira, outubro 17, 2011

Quem for por onde ele enviar também vencerá.


"Vão! Eu os estou enviando como cordeiros entre lobos."
     Lucas 10:3



Você já se sentiu intimidado em falar de Jesus para alguém?
Colega de trabalho, amigo na escola, seu chefe, seu pai ou sua mãe?
Já falou da sua fé e foi ridicularizado diante dos amigos? Já
sofreu perda mesmo por causa da sua fé? Jesus sabia que isso ia
acontecer. Medo de rejeição, medo de perda, medo até da morte,
qualquer pessoa normal sente essas coisas. A grande questão não é
se você vai ter medo de servir a Jesus ou não. A grande questão é o
que você fará depois de encarar seu medo. Você vai se submeter ao
medo ou a Jesus? Quem será seu mestre? Para qual fim esse mestre
lhe levará? Jesus nunca escondeu a inimizade que o mundo tem com os
seus. Mas, quando somos enviados por Jesus nós levamos coisas que
ninguém pode tirar de nós. Se somos enviados temos quem nos enviou.
Temos um propósito eterno. Ninguém o tira, quebra ou rouba. Se
fomos enviados também voltaremos para quem nos enviou. E nós vamos
voltar porque acreditamos que Ele é fiel. Podemos dizer como Paulo
“eu sei em quem tenho crido e estou bem certo de que ele é poderoso
para guardar o que lhe confiei até aquele dia.” (2 Tim 1:12). Por
Jesus você enfrentará seus lobos, mas não os enfrentará sozinho. O
Leão de Judá estará ao seu lado. Ele é o vencedor. Quem for por
onde ele enviar também vencerá.

ORAÇÃO:

   Nosso Deus todo poderoso, o Senhor não tem medo de inimigo
algum. O Senhor é o vencedor e o vitorioso. Conceda, por favor, aos
servos do Senhor a coragem que precisam para falarem de Jesus.
Ajude-os a vencerem o medo e a vergonha. Ajude-os a irem com
ousadia aonde quer que o Senhor enviar, para servirem como o Senhor
quiser. No vitorioso nome do Leão de Judá oramos. Amém.

domingo, outubro 16, 2011

Drama de um Apaixonado

Jesus Cristo pode te Libertar 

Quando a conheci eu tinha apenas dezesseis anos.
Ela, eu não sei, fomos apresentados numa festa por um carinha que se dizia meu amigo.
Foi amor á primeira vista, me enlouquecia.
Nosso amor ascendeu a um ponto em que já não consiguia viver sem ela.
Mas era um amor proibido, meus pais não aceitavam, fui repreendido na escola,passamos a nos
encontrar as escondidas até que não deu mais, fiquei louco.
Eu a queria e não tinha.
Eu não podia permitir que me afastassem dela, eu amava, eu a queria, eu a desejava, bati o
carro, quebrei tudo dentro de casa, quase matei a minha familia. Estava louco, precisava dela,
não podia viver sem ela.
Hoje tenho dezenove anos. Estou internado num hospital sou um inutil vou morrer, abandonado
pelos meus pais, pelos meus amigos e por ela. Seu nome?

Cocaina


E o seu qual é?

Maconha,Pinga, Crack!
CocainaCrackMaconhaAlcool
E devo tudo isso a ela, minha vida, meu desespero, minha morte.


quarta-feira, outubro 12, 2011


“O sal é bom, mas se deixar de ser salgado, como restaurar o seu
sabor? Tenham sal em vocês mesmos e vivam em paz uns com os
outros.”
Marcos 9:50




Sal tem o duplo beneficio de preservar e dar gosto. Na época de
Jesus sua função de preservar carnes e outros alimentos era muito
mais importante. O Cristão também tem propósitos parecidos. Nenhum
discípulo tem o poder de salvar. Mas, todos os seguidores de Jesus
trazem a mensagem daquele que salva e preserva a vida eterna. Além
disso, o discípulo que está devidamente ligado ao Mestre traz um
gosto especial à vida. A paz no meio da tribulação, a tranqüilidade
diante da perda e do sofrimento são traços distintivos dos
seguidores de Jesus. E quem conhece sua alegria sabe que não
depende de substâncias ou estímulos, mas, brota de um profundo
prazer na vida que só quem anda com Jesus experimenta. Quanto mais
perto de Jesus andamos, mais estas qualidades são evidentes em nós.
E isso não é só para nosso benefício, mas, para contagiar e
persuadir outros ao nosso redor. Como está o tempero Cristão em sua
vida?

ORAÇÃO:
Nosso Redentor, é possível comunicar o amor do Senhor através de
nós, então rendemos nossas vidas para este fim. Obrigado por todas
as bênçãos da vida Cristã que recebemos através de Jesus. Que elas
possam convencer cada vez mais as pessoas ao nosso redor de que não
há outra vida que vale a pena viver, senão a vida com Jesus Cristo.
Em nome de Jesus oramos. Amém.
 

segunda-feira, outubro 10, 2011

Cuidando dos Nossos Pais

Mas, se alguém não tem cuidado dos seus,
e principalmente dos da sua família,
negou a fé, e é pior do que o infiel.
1 Timóteo 5:8

Paulo usou o modelo de uma família para descrever os relacionamentos na igreja. Timóteo deveria se dirigir aos membros anciãos como faria com um pai ou mãe, e aos jovens como irmãos e irmãs (1Tm. 5:1-2), e foi nesses termos também que ele falou sobre o cuidado pelas viúvas. Contudo, a igreja não deve assumir os deveres da família, e em particular o cuidado pelas viúvas: “… se algum crente ou alguma crente tem viúvas, socorra-as, e não se sobrecarregue a igreja, para que se possam sustentar as que deveras são viúvas” (v. 16). Por “deveras são viúvas” ele quer dizer viúvas que não tenham parentes vivos.



Piedade no Lar
Paulo descreveu cuidar das viúvas como cuidar da sua “própria casa” (v. 8). Ele deixou muito claro que a caridade da igreja nunca deve substituir a responsabilidade de um filho, ou mesmo de um sobrinho. Numa ordem patriarcal, onde famílias grandes viviam e trabalhavam juntos, uma tia era uma figura estendida da mãe e merecia um respeito correspondente. Essa responsabilidade familiar vem antes daquela da igreja, que se envolve apenas se não existe nenhum membro da família que possa assumir o cuidado. Como tudo da lei de Deus, esse requerimento envolvia uma bênção para a obediência e uma maldição para a desobediência.

A bênção prometida era que, aos olhos de Deus, o cuidado pelos membros idosos da família era uma “piedade no lar” (KJV) que Paulo nos assegura ser “bom e agradável diante de Deus” (v. 4, RC). Quando Deus nos dá a oportunidade de servir-lhe em obediência, isso é um ato de graça, uma bênção. Os fariseus, por distorcerem a revelação de Deus, constantemente se mostravam ignorantes nas questões de piedade. A idéia de piedade deles era aquela de uma demonstração pública para serem vistos diante dos homens (Mt. 6:1-18). Eles também pensavam que poderiam honrar a Deus na adoração, enquanto negligenciavam suas responsabilidades para com pais necessitados (15:5-6).

Pior que um Infiel

Há também uma maldição sobre aqueles que negligenciam seus deveres para com os pais. Paulo disse a Timóteo que não cuidar de um pai necessitado era negar a fé e ter um comportamento “pior do que o infiel” (RC).

Isso não deveria parecer duro se entendemos o imperativo do quinto mandamento. Quando Paulo escreveu a Timóteo sobre a responsabilidade dos filhos para com seus pais, era no contexto da relação do ministro com a congregação. Mesmo na situação difícil de uma repreensão necessária, o ministro não deveria esquecer a honra devida a essa pessoa como um membro na família de Deus. Nos tempos difíceis da idade avançada, enfermidade ou necessidade econômica de um pai, devemos da mesma forma ser diligentes em nossa responsabilidade de honrá-los como o quinto mandamento requer de nós. Afinal, Cristo veio para estabelecer a lei (Mt. 5:17). Como podemos honrar nosso Pai Celestial enquanto desonramos nossos pais terrenos?

Em adição a honrar o papel deles na economia de Deus como o quinto mandamento exige, devemos lembrar também do nosso débito de gratidão por nossa criação. Paulo menciona que nosso tratamento dos pais em necessidade é uma forma de “recompensar” ou reembolsá-los (v. 4). Como nós os tratamos quando precisam de nós diz muito sobre se verdadeiramente valorizamo-los e a nossa criação. A avareza para com nossos pais revela uma ingratidão egocêntrica.

À medida que os nossos pais envelhecem, há uma reversão no papel de oferecer cuidado. Deveríamos ver isso como uma honra de recompensá-los pelo cuidado que nos deram como crianças. Maria, irmã de Marta, uma vez honrou a Cristo ungindo os Seus pés. Nicodemos e José de Arimatéia honraram-no enterrando Seu corpo com o que era uma pequena fortuna em mirra e aloés. Algumas vezes nosso maior método de honrar nossos pais pode envolver demonstrações físicas, embora diferentes.

Honrar um pai frágil e necessitado é um amadurecimento final do nosso relacionamento com eles, pois é o nosso último papel como filho que devemos cumprir. E devemos entender que a papel de um filho não termina na maioridade, mas sempre existe enquanto os pais viverem. É honroso mostrar aos nossos pais o quanto aprendemos deles

Alguns anos atrás, deparei-me com um livro de história infantil de Robert Munsch chamado Love You Forever [Amo Você para Sempre]. Ele fala de uma mãe que carregava seu filho pequeno para a cama todas as noites e cantava uma canção: “Eu te amarei para sempre”. No final da história, com a idade avançada, a mãe está muito fraca para cantar para o seu filho, de forma que ele é quem a carrega para a cama, e canta aquela canção. Eu dei uma cópia ao meu filho, e uma à minha filha mais velha, e tenho ainda outra cópia para a próxima.

Amor é mais que a expressão de sentimento. Ele é melhor revelado em nossas ações. Cuidar dos pais é um ato de amor e uma piedade no lar que agrada a Deus.

Por Darlene S. Rushdoony

NADA SE PODE OCULTAR


 

“Assim mesmo também as boas obras são manifestas, e as que são de outra maneira não podem ocultar-se.” 1 Timóteo 5:25.

Importante termos sempre em mente que no Reino de Deus as coisas não se ocultam. Nas empresas, na família, na vizinhança é até possível acobertar atos positivos ou negativos, é possível esconder o autor de algumas coisas. Mas no Reino de Deus não é assim, pois Deus é interessado na clareza e visibilidade das coisas.
Dizer que as boas obras são manifestas não significa dizer, como pensam alguns, que haverá louros e coroações pelas boas atitudes. Igualmente não significa necessariamente que Deus o recompensará de imediato, como se tivesse Ele alguma obrigação neste sentido. Mas significa sim, que para Deus nada disso passa desapercebido. Lembremos de Jesus de Nazaré prometendo que ao darmos um copo d’água a um sedento, ou um pão a um faminto, ou visitando um enfermo ou encarcerado, faríamos para Ele (Mc 9:41; Mt 25:40).

A expressão: “As que são de outra maneira”, refere-se ao que não se pode enquadrar como boas obras, portanto aquilo do qual não dá para se orgulhar. Isso também será percebido por Deus e eventualmente pode ser trazido à tona. Eu pessoalmente não creio em trazer a tona no sentido de humilar o infrator, mas para edificação e para preservar o corpo de Cristo. O que tenho visto de gente do meio eclesiástico sendo desmascarado, alguns em situações muito graves, me leva a crer que Deus faz isso para manter um certo nível na liderança. O principio é simples: não “apronte” pensando que vai “passar batido”, Deus percebe e nada pode ser oculto para sempre.
Se conseguirmos manter nossa linha clara, no sentido de fazer todas as coisas como se fossem publicadas no jornal do dia seguinte, talvez nossos atos mudem. Se este for nosso caso, devemos mudar. Se nada do que fazemos dá mau testemunho ou envergonha, então podemos continuar sossegados.

“Pai, quero poder deixar às claras tudo que faço para que nada engergonhe Teu nome. Ajuda-me a fazer somente aquilo que Te agrada.”

sábado, outubro 08, 2011


“Se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim,
seria melhor que fosse lançado no mar com uma grande pedra amarrada
no pescoço."
 Marcos 9:42

Se um ato tão modesto quanto dar um copo de água terá sua
recompensa, o ato contrário também terá suas conseqüências. Jesus
não está se referindo apenas àquilo que ofende, mas, ao que causa
um outro a pecar mesmo (Mat. 18:7; Luke 17:1).
 Quem são os "pequeninos"?
 Inclui as crianças, como aquela que Jesus assentou no colo (vv. 36-37).
Pela frase "que crêem em mim" certamente a palavra se refere a discípulos novos (1 João 2:1; 3:7)
e fracos na fé (Rom. 14:1, 1 Cor. 8:10).
Lembrando o contexto da passagem, é
provável que Jesus tinha em mente também o discípulo desconhecido
censurado por João (v. 38).
Que o nosso zelo de seguir e servir a Deus nunca se torne obstáculo para a fé de outros.

ORAÇÃO:

   Sabemos, nosso Deus, que todos os filhos do Senhor são
preciosos. Mas, o Senhor tem uma preocupação especial para com
aqueles que são mais suscetíveis ao engano. Nós que somos pais
entendemos isso. Que os filhos do Rei possam sempre encontrar entre
nós o cuidado que merecem. Em nome de Jesus oramos. Amém.
 

sexta-feira, outubro 07, 2011

 


"Eu lhes digo a verdade: Quem lhes der um copo de água em meu
nome, por vocês pertencerem a Cristo, de modo nenhum perderá a sua
recompensa."
 Marcos 9:41

Já recebeu alguma ajuda de alguém que não lhe conhecia
simplesmente porque você veio em nome de Jesus? É uma das bênçãos
mais sublimes da vida. Quanto menos a pessoa lhe conhecer melhor.
Quando um total estranho lhe oferece ajuda simplesmente porque você
é um discípulo de Jesus, é como se o próprio Deus abrisse a cortina
das nuvens e sussurrasse "meu povo está em todo lugar". Jesus acaba
de falar com os discípulos sobre consideração para com um
desconhecido que servia em nome dEle (9:39-40). Agora, ele vira a
moeda e fala de como Deus retribuirá quem demonstrar esta
consideração. O ponto não é de persuadir seus seguidores com uma
oferta de galardão. O ponto é que Deus vê tudo, até o ato mais
simples como a oferta de um copo d'água. As mais gritantes
injustiças não escapam sua vista, nem os atos mais modestos de
carinho e consideração. Entre um extremo e o outro o Cristão
caminha rumo ao céu. Ele não está sozinho - nem deve deixar outros
se sentirem assim.

ORAÇÃO:

   Pai bendito, o que seria de mim se não fosse seu povo me
recebendo, ajudando e encorajando em momentos tão importantes da
minha vida? Como estaria cego para a compaixão e carinho do Senhor
se não a tivesse visto no rosto e nas mãos dos servos do Senhor?
Que eu possa, a qualquer momento inesperado lhe servir também com
ajuda e amparo a outro forasteiro no caminho para o lar celestial.
Obrigado de antemão pela oportunidade. Em nome e por amor a Jesus
eu oro. Amém.

quinta-feira, outubro 06, 2011

Jesus nos dá forças



E dou graças ao que me tem confortado, a Cristo Jesus Senhor nosso,
porque me teve por fiel, pondo-me no ministério;
1 Timóteo 1:12

É comum a Igreja de Cristo pensar que seus líderes são super heróis. Talvez a boa vontade de estarem sempre prontos, sorrindo, bem dispostos transmita essa falsa impressão.

Paulo, o mais influente líder cristão da história da Igreja, reconhecia que era Jesus quem lhe dava forças. Cristo, como uma fonte transbordante, sacia a alma do homem e revitaliza o vigor daqueles que estão empenhados nos trabalhos do Reino. Se hoje você se sente fraco, peça ao Deus Forte para lhe fortalecer!

Enfraquecer é uma possibilidade, manter-se fraco é uma opção.

quarta-feira, outubro 05, 2011

É preciso lembrar a cada dia quem é o verdadeiro inimigo...

“Ninguém que faça um milagre em meu nome, pode falar mal de mim
logo em seguida,”
 Marcos 9:39b

Às vezes, o que mais prejudica a obra do Senhor não é o mal que alguns fazem, mas o mal que alguns falam daqueles que tentam fazer o bem. Jesus não está julgando a salvação deste homem.
 Em outro momento ele deixou claro que a realização de milagres não substitui a obediência a Deus.


Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.
Mateus 7:21-23 (Mt 7:21-23).

Este homem estava ciente do poder do nome de Jesus. Ao usá-lo ele servia à causa de Cristo. Seria
difícil ele, logo em seguida, voltar-se contra Jesus.
Numa guerra como a que nós estamos, todo aquele que não luta contra nós (ou
mina nosso trabalho com maledicência) é de certa forma um aliado. E numa guerra precisamos é de aliados. Que tomemos cuidado para não servir ao inimigo ao proferir nossa opinião sobre o ministério de outro servo do Senhor. É preciso lembrar a cada dia quem é o verdadeiro inimigo. Se vamos tentar derrubar alguém, que seja ele.

ORAÇÃO:

   Nosso Senhor, que possamos ter a visão do Senhor sobre a guerra travada ao nosso redor.  
Não nos deixe usar os dons que o Senhor nos deu para prejudicar ou machucar nossos irmãos em Cristo. Quando for preciso julgar, que seja com mais rigor a nós mesmos, antes de qualquer outro.
 Em nome de Jesus oramos. Amém.

terça-feira, outubro 04, 2011

A Melhor Bênção é a de Hoje...





"... esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim" (Filipenses 3:13)

O segredo consiste em como lidamos com o hoje, não com o ontem e nem com o amanhã. Hoje -- um espaço especial de tempo que segura a chave que bloqueia os
pesadelos de ontem e destranca os sonhos de amanhã" (Charles Swindoll)

O que tem perturbado nossas vidas? Por que vivemos ansiosos, angustiados, sem paz e sem alegria, sem a vida abundante que Deus nos prometeu? Por que nossos lábios se queixam mais do que louvam? Por que, no jardim de nosso dia a dia, cultivamos mais dúvidas que esperanças? Por que nosso semblante não tem o brilho que caracteriza uma pessoa feliz?

É provável que o motivo principal seja o fato de ainda estarmos inquietos com os desalentos e decepções do passado, com as frustrações dos passos mal dados, com as derrotas que parecem ainda ferir as nossas almas.

Mas, se continuarmos sofrendo todos esses traumas já deixados para trás, onde encontraremos tempo e oportunidades para buscar os nossos sonhos do futuro? Onde acharemos forças para enfrentar e vencer novos reveses que ainda encontraremos pela frente? Onde iremos adquirir o estímulo para abandonar o pessimismo e nos revestir do "mais que vencedores"?
 
É preciso que compreendamos que o mais importante para nós é a bênção de hoje. Não a bênção que não experimentamos ontem e nem a que poderemos receber amanhã. É essa maravilhosa bênção que precisamos abraçar com todas as nossas forças. Ela nos fará esquecer o insucesso anterior e nos encherá de fôlego espiritual para seguir em frente, sem medo, sem ansiedade, sem insegurança.
Jesus é a nossa bênção de hoje.
 Com Ele vencemos os pesadelos de ontem e avançamos, com alegria, rumo aos sonhos de amanhã.

segunda-feira, outubro 03, 2011


“Quem recebe uma destas crianças em meu nome, está me recebendo;
e quem me recebe, não está apenas me recebendo, mas também àquele
que me enviou”.
 Marcos 9:37

   A maioria de nós não recebemos de Jesus missões heróicas ou de
sacrifício dramático. Recebemos dele a missão de demonstrar o amor
de Deus no cotidiano, nos momentos mais banais e comuns da vida. É
destes momentos que as vidas da maioria dos seres humanos são
compostos. É por isso que é nestas situações que Jesus mais precisa
de embaixadores para representarem o Reino de Deus na terra. Você
está pronto para isso? Se estiver, saiba que é nestes momentos tão
banais e comuns que recebemos o Criador do Universo, o próprio
Deus. Ele vem até nós na forma de uma criança ou um idoso, uma
pessoa doente ou incômoda. Recebendo estas "crianças" estamos
recebendo Deus, porque são os filhos que ele enviará até a nós. E
para Deus, como para qualquer pai, o tratamento que damos aos
filhos é como se fosse dado a ele. Basta isso. O anseio por
grandeza jaz no coração de cada ser humano. Todos nós queremos ser
algo importante aos olhos de um outro. Os discípulos, que se
preocuparam tanto com qual deles era o maior, precisavam aprender
que a grandeza se descobre não em si mesmo, mas no outro. Se Jesus
nos ensinou uma coisa com sua vida foi isso. E só receberemos Jesus
de verdade quando o virmos no rosto de todos os outros ao nosso
redor, especialmente naqueles onde é mais difícil enxergar.

ORAÇÃO:

   Santo Deus, maravilhoso Pai, tenho demorado muito para receber
outros como receberia o Senhor. Perdoe-me. Ajude-me a tratar cada
ser humano que encontro com o mesmo amor que o Pai dele queria que
eu desse. Obrigado por enviar tantos embaixadores a mim para me
mostrar o grande amor do Senhor ao longo da minha vida. Foi nestas
pessoas que eu conheci o Senhor e espero ser uma delas também na
vida de outros. Em nome de Jesus eu oro e agradeço. Amém.

domingo, outubro 02, 2011

Tudo para a glória de Deus


E chegaram a Cafarnaum. Quando ele estava em casa,
perguntou-lhes: “O que vocês estavam discutindo no caminho?” Mas
eles guardaram silêncio, porque no caminho haviam discutido sobre
quem era o maior. Assentando-se, Jesus chamou os Doze e disse: “Se
alguém quiser ser o primeiro, será o último, e servo de todos”.
 Marcos 9:33-35


Ambição, por si só, não é má. A grande questão é o alvo. Aonde é
que queremos chegar? Estamos buscando o lugar onde mais podemos
servir ou mais seremos servidos? É grande a tentação de pensar que
quanto maior a nossa posição, melhor podemos servir Jesus. Portas
vão abrir, ajuda virá, nossas idéias receberão o devido
reconhecimento e assim por diante. Certo? Grande engano. É o
contrário. Os "maiores" é que sofrem tentação maior. E se forem
realmente úteis a Deus, sofrerão ataques e resistência maior ainda.
Há um ditado que diz "quanto mais alto você sobe na árvore, mais
forte o vento bate
". Se houver oportunidades de servir à sua
disposição, dê graças a Deus e dedique-se a elas. Melhor ainda se
forem com pouco reconhecimento. Assim você terá menos tentação de
se orgulhar, menos resistência daqueles que querem aparecer e mais
espaço para fazer o que Jesus lhe criou para fazer - servir. Quer
um grande serviço no Reino? Vá para o final da fila e encoraje quem
está em penúltimo lugar.

ORAÇÃO:

   Eu quero ser, Senhor amado, como um vaso nas mãos do Oleiro. Que
estas não sejam apenas palavras de uma canção, mas, verdade na
minha vida, meu Deus. Leve-me para onde posso ser mais útil. Sei
que não estou preparado para isso. Não quero isso ainda. Mas, o
Senhor pode mudar até o meu querer. Obrigado por ainda estar
trabalhando na minha vida, Senhor. Em nome de Jesus eu oro e
agradeço. Amém.