ESTUDOS BIBLICOS







Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas



terça-feira, junho 24, 2014

VAIDADE, BOLHA DE SABÃO


Salomão procurou a felicidade na bebida alcoólica, na riqueza, no prazer e na fama. Ao final, descobriu que tudo isso não passava de vaidade. A palavra "vaidade" significa "bolha de sabão". Tem cor, mas não conteúdo. Tem aparência, mas não consistência. Tem movimento, mas não permanência. O sentido da vida está no temor de Deus. Somente em Deus encontramos razão nossa vida. Somente na sua presença há plenitude de alegria!

                                                                                                           Pr. Hernandes Dias Lopes

As 10 Vaidades, Segundo Salomão


1. A vaidade da sabedoria: "No futuro, todos nós seremos esquecidos. Todos morreremos, tantos os sábios como os tolos" (2:15 e 16).

2. A vaidade do trabalho: "A gente trabalha... para conseguir alguma coisa e depois tem que deixar tudo para alguém que não fez nada para merecer aquilo" (2:19-21)

3. A vaidade dos objetivos humanos: "Deus faz que os maus trabalhem, economizem e ajuntem a fim de que a riqueza deles seja dada às pessoas de que Ele gosta mais" (2:26).

4. Vaidade do sucesso: "Também descobri por que as pessoas se esforçam tanto para ter sucesso no trabalho: é porque elas querem ser mais do que os outros" (4:4).

5. A vaidade da avareza: "Descobri que na vida existe mais uma coisa que não vale a pena: é o homem viver sozinho, sem amigos, sem filhos, sem irmãos, sempre trabalhando e nunca satisfeito com a riqueza que tem" (4:7 e 8).

6. A vaidade da fama: "O número de pessoas que um rei governa é muito grande; no entanto, quando deixa de ser rei, ninguém é agradecido pelo que ele fez" (4:16).

7. A vaidade das riquezas: "Quem ama o dinheiro nunca ficará satisfeito; quem tem a ambição de ficar rico nunca terá tudo o que quer". (5:10).

8. A vaidade da cobiça: "É muito melhor ficar satisfeito com o que se tem do que estar sempre querendo mais." (6:9).

9. A vaidade da frivolidade: "A risada dos tolos é como os estalos de espinhos no fogo - não quer dizer nada" (7:6).

10. A vaidade dos elogios: "Eu vi o enterro de pessoas más. Na volta do cemitério, notei que eram elogiadas, e isso na mesma cidade onde haviam feito mal" (8: 10).

Todas as citações são da versão A Bíblia na Linguagem de Hoje. Os números entre parêntesis, indicam o capítulo e o versículo do livro de Eclesiastes.

domingo, junho 22, 2014

O AMOR COBRE MULTIDÃO DE PECADOS


O amor não é conivente com o pecado, mas não tem prazer em expor ao ridículo o pecador. O amor confronta o pecado em particular e protege o pecador em público. O amor não tem um prazer mórbido em expor as pessoas a uma situação vexatória. Quem ama confronta em vez de espalhar boatos. Quem ama busca a transformação da pessoa errada em vez de cavar mais abismos para ela. Quem ama abomina o pecado, mas compadece-se do pecador e se coloca na brecha em favor dele. O amor não se alegra com a queda dos outros, mas regozija-se quando um pecador se volta para Deus.

Texto de: Hernandes Dias Lopes.

quinta-feira, junho 19, 2014

O amor é mais importante do que a verdade?



Nossa época é voltada para humanismo e tem se espalhado a idéia de que os relacionamentos são mais importantes do que a realidade, que o homem é mais importante do que Deus, e que o amor aos outros é mais importante do que a justiça. A verdade está se tornando um sentimento subjetivo; já não é mais um fato imutável e definido. Por isso, conclui-se que a verdade tem pouca importância; só precisamos amar os outros. 


Mas se as palavras de Jesus têm valor, toda esta idéia é completamente falsa.
Jesus disse que o primeiro grande mandamento é amar a Deus de todo o coração, alma, força e entendimento (Marcos 12:28-31). Amar aos outros é o segundo mandamento. Há muitos que invertam esta ordem. Se amamos a Deus, temos que amar o que ele diz (João 14:15; 15:14). 

Jesus perguntou: "Por que me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que vos mando?" (Lucas 6:46). 
A verdade é da extrema importância em nossa relação com Deus
Temos que conhecer a verdade (João 8:32; 1 Timóteo 2:4);
  obedecer à verdade (1 Pedro 1:22);
  adorar em verdade (João 4:24);
  andar em verdade (2 João 4);
  armar-nos com a verdade (Efésios 6:14);
e amar a verdade (2 Tessalonicenses 2:10).

 Aqueles que se desviam da verdade estão perdidos (Tiago 5:19); aqueles que não andam segundo a verdade têm que ser repreendidos (Gálatas 2:14); aqueles que mudam a verdade são detestados por Deus (Romanos 1:25); aqueles que não estão na verdade seguem seu pai, o Diabo (João 8:44). 

Tornar o amor mais importante do que a verdade é tornar o homem mais importante do que Deus e fazer o segundo mandamento mais importante do que o primeiro.

"Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade" (João 17:17).

Autor: Gary Fisher 

terça-feira, junho 03, 2014

A Felicidade de Poder Amar



"Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e
não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o
címbalo que retine" (1 coríntios 13:1).


Durante uma guerra em Nova Guiné, um homem foi deixado ao
lado de uma trilha como morto. Ele recuperou os sentidos
algum tempo depois e, sem muita força para caminhar,
esperava que a qualquer momento os soldados japoneses gostaria que fosse
construída a estrada que ligaria Moscou até São Petersburgo.


O governante falou: "Deixe-me ver o mapa." Trouxeram-no para
ele. "Passe-me aquela régua." Esta foi-lhe entregue.
Traçando com a régua uma linha reta de cidade a cidade, ele
disse: "É assim que eu quero que a estrada de ferro seja
construída. E assim ela foi feita.

Deus planejou nossa vida diretamente para seu trono. Sabemos
que Jesus, o Agrimensor, esquadrinhou a nossa alma e penetrou
no lugar mais sombrio e mais profundo em que nos
encontrávamos. Ele limpou toda a área, aplainou a estrada e
preparou o terreno para que o caminho até a presença do Pai
fosse repleto de paz e felicidade.

Esta viagem é agradável e cheia de atrativos. Enquanto
viajamos pela ferrovia de Deus temos a oportunidade de
experimentar momentos de grande prazer e regozijo. Podemos
visitar o vagão da oração, conversar com o Grande Condutor,
sentir o toque de Suas mãos sobre nossos cabelos e a certeza
de Sua proteção em todos os momentos.

Podemos seguir adiante e entrar no vagão da Palavra para um momento de
fortalecimento e edificação. No vagão mais amplo ouviremos
relatos e experiências que encherão nossos corações de
júbilo e ainda poderemos compartilhar as maravilhas e
milagres que modificaram nossos dias desde que embarcamos na
ferrovia da graça do Senhor.


Um dia eu me senti perdido, desnorteado, sem saber para onde
ir. Pensava que o bom emprego que tinha e o excelente
salário seriam suficientes para me fazerem feliz. Estava
enganado. Tinha muita coisa e ao mesmo tempo não tinha nada.
Cristo me encontrou, olhou para mim e sorriu como a dizer:
"Eu estou aqui para ajudá-lo." Com as poucas forças que me
restavam eu clamei: "Senhor, salva-me!" Ele construiu uma
ferrovia ligando meu coração até Deus e traçou, em graça,
todo o caminho. Você já embarcou no trem da bênção de Deus?



Já está , desde a vida aqui neste mundo, seguindo com alegria rumo à
salvação eterna?

segunda-feira, junho 02, 2014

Ansioso quanto ao dia de amanhã?

Senhor, ajude-me neste dia a ter uma atitude boa, positiva, esperançosa, alegre e radiante. Levante meu entusiasmo e encha-me novamente com a alegria que vem de Ti. Que Tua alegria tome conta de meu coração neste momento de modo tão abundante que transborde para todos ao meu redor. E quando eu falar, que Teu Espírito de alegria seja contagiante. Louvo Teu nome e o glorifico, pois o Senhor ergue minha cabeça quando estou desanimado. O Senhor é meu Pai eterno, aquele que me deu uma vida maravilhosa por toda a eternidade. Em nome de Jesus, amém!

Faça seu pedido de oração em http://oroporvoce.com
Descanse seu coração. A preocupação não ajuda você a resolver os problemas, apenas vai sugar suas forcas. Confia seus cuidados ao Senhor. Ele é suficientemente sábio e amoroso para cuidar da sua vida.

 Hernandes Dias Lopes.